1) Qual é a sua idade e há quanto tempo é jornalista?

Tenho 35 anos e sou jornalista há 12 anos.

2) Hoje você tem um emprego CLT? Você exerce qual função e em qual empresa?

Eu trabalho como gestor de projetos na unidade de Educação Empreendedora no Sebrae Nacional.

3) Há quanto tempo você está no seu emprego atual?

Há 11 anos.

4) O que é o Clube do Português e como surgiu a ideia de montar esse projeto?

O Clube do Português é uma empresa que trabalha com produção de conteúdo gratuito na área da língua portuguesa, com serviços de revisão de texto e oferta de formações no campo da língua portuguesa também.
A ideia surgiu quando participei do Realize, um programa de formação empreendedora para jornalistas. Com os conhecimentos do curso, consegui identificar uma demanda por conteúdos sobre a língua portuguesa, que fossem escritos de forma simples e direta.

5) O Clube do Português teve muitas realizações nos últimos anos, certo? Quais foram as conquistas mais marcantes?

O Clube do Português me trouxe de fato muitas realizações. Uma das principais foi o retorno financeiro. Com isso, consegui aumentar a equipe e dar oportunidade para outros produtores de conteúdo. Isso para mim é uma das maiores recompensas. Além disso, por conta do projeto, também já prestei serviços de revisão de texto para grandes editoras do mercado e ministrei cursos para equipes de empresas multinacionais. Nesse sentido, o projeto, que surgiu como um blog, hoje funciona como um pequeno negócio.
Um outro ponto bacana é que a visibilidade que o Clube me deu abriu outras portas para mim dentro do próprio Sebrae, pois os colegas puderam conhecer melhor minha experiência como produtor de conteúdo.

6) Você tem colaboradores no projeto? Ou trabalha sozinho? Lembro de você ter comentado ter ajuda da sua esposa. Como está essa situação?

Além da minha esposa e de mim, o Clube conta hoje com uma redatora. Também temos outros prestadores de serviço eventuais, como programadores e especialistas em SEO.

7) Seu objetivo é se manter no CLT e ter o Clube como projeto de renda extra?

A nossa ideia é que eu me mantenha na CLT e que minha esposa assuma cada vez mais a gestão geral do projeto e eu atue mais focado na produção de cursos e nos serviços de revisão de texto.

8) Quais são suas dicas para os jornalistas que pensam em realizar projetos digitais? E para aqueles que procuram oportunidades na profissão?

A minha primeira dica é exatamente essa: reserve uma parte da sua agenda para se dedicar a um projeto próprio. Mesmo que ele não gere um retorno financeiro imediato, o projeto servirá como um ótimo portfólio para seu trabalho, além de te ajudar a desenvolver competências complementares, como design, gestão de CMS, SEO, gestão de redes socais, automação de e-mail, entre outras. A segunda dica é ter paciência. O Clube foi criado em 2016, mas só se tornou sustentável de fato em 2020. Por fim, minha terceira dica é enxergar além do conteúdo. O conteúdo em si não tem muito valor (e a tendência é que valha cada vez menos). O valor está na capacidade do conteúdo de atrair audiência qualificada e recorrente, interessada em consumir seus produtos e serviços ou em financiar seu trabalho como produtor de conteúdo.

9) Como você vê o mercado para jornalistas nos próximos anos?

Entendo que as melhores oportunidades vão estar nos veículos de nicho, de empresas que atuam em segmentos específicos (tecnologia, moda, assuntos jurídicos, etc.). Também acredito que os grandes veículos vão, cada vez mais, terceirizar parte de sua produção jornalística para esses veículos especializados e vão ter uma equipe bastante enxuta para cobrir as pautas mais gerais. 

10) Quais habilidades são fundamentais para o profissional de comunicação se destacar no ambiente digital?

Acho que é fundamental entender as bases de marketing de conteúdo e de criação de comunidade. Além disso, ter uma boa noção das principais ferramentas digitais, principalmente WordPress e ferramentas de automação de e-mail. Porém, o fundamental é ter uma visão para além do conteúdo, enxergando a comunicação como um meio para atingir um objetivo, que pode ser a venda de algum produto ou serviço, uma campanha de financiamento coletivo ou outra meta que se alinhe com seu projeto de vida.

*Entrevista realizada por Verônica Machado para a Rede Internacional de Jornalistas, iJNet Português,


vemachado
vemachado

Verônica Machado foi repórter da Câmara dos Deputados e do Correio Braziliense. É jornalista e trabalha há 7 anos com Marketing Digital. Empreende na loja de pratos congelados Delícia Pronta, no projeto de histórias Vidas Contadas e no projeto de educação Jornalista 3.0. Neste último, oferece oito cursos digitais para comunicadores. Lidera uma comunidade de 500 jornalistas engajados em colocar projetos digitais no ar. Em quatro anos, foram 90 ideias concretizadas no Brasil e no exterior. Tem o próprio método de mentoria online, uma agência de mídias sociais e o clube de assinatura de conteúdo, o Clube de Realizadores. Como posso te ajudar?